O Laboratório Alvaro está de cara nova!

Deseja tornar este perfil sua página inicial quando acessá-lo novamente?

X

Atendimento ao Cliente:

Notícias

Dia da nutrição

A A


Pesquisa revela que consumo de alimentos não saudáveis aumentou nos últimos 20 anos

Fabiano Sandrini, endocrinologista do Laboratório Alvaro, fala sobre os cuidados com a alimentação no Dia da Saúde e da Nutrição

Ter uma boa alimentação é mais do que simplesmente satisfazer a fome. O 31 de março é celebrado como o Dia da Saúde e da Nutrição no Brasil. Fabiano Sandrini, responsável médico e endocrinologista do Laboratório Alvaro, descreve que uma pesquisa recente revelou que, nos últimos 20 anos, o consumo de alimentos processados e bebidas adoçadas aumentou mais que o consumo de alimentos saudáveis.

Um estudo feito pela Unidade de Epidemiologia do Conselho de Pesquisa Médica da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, analisou a dieta de 4,5 bilhões de adultos em 187 países, descobrindo que a ingestão de alimentos saudáveis aumentou entre 1990 e 2010. “O problema é que este mesmo estudo mostra que o consumo de alimentos não saudáveis, como fast foods e congelados, cresceu ainda mais no mesmo período”, explica Sandrini.

No Brasil, a população está se conscientizando cada vez mais. Segundo pesquisa da Consultoria Euromonitor, enquanto as vendas de alimentos e bebidas tradicionais cresceram 67% nos últimos cinco anos no país, as de saudáveis aumentaram 98% no mesmo período. É um mercado que movimenta 35 bilhões de dólares ao ano no Brasil. Em 2014, a cifra fez com que o país pulasse de sexto a quarto maior do mundo, superando Reino Unido e Alemanha.

Sandrini ressalta que os brasileiros se mostram bem mais preocupados com a saúde do que a média global. Um levantamento recente do Ministério da Saúde, feito com 18 mil pessoas de 18 países, mostrou que 79% dos brasileiros disseram que saúde e a nutrição são prioridades em suas vidas. Esse patamar não passa de 55% no Reino Unido e de 66% nos Estados Unidos. “Claro que temos que interpretar esses números com certo ceticismo. Pode existir nas pesquisas uma dissonância entre o que as pessoas declaram e o que, de fato, praticam”, ressalta.

O Dia da Saúde e da Nutrição foi criado para conscientizar a população para a importância da saúde e da boa alimentação. “Em 2020, as projeções indicam que as doenças não transmissíveis serão responsáveis ​​por 75% de todas as mortes. Melhorar a dieta tem um papel crucial na redução deste número", afirma o endocrinologista.