X

PACIENTES

Prezado cliente, para retirada dos Resultados de Exames, favor acessar a aba "ÁREA DE PACIENTES", ou clique aqui.

Atendimento ao Cliente:

Notícias

Pais podem estimular filhos a terem hábitos saudáveis

A A

Fabiano Sandrini, endocrinologista e responsável médico do Laboratório Alvaro, dá orientações sobre o assunto

Há uma crença popular que, ao chegar à puberdade, a criança “espicha”, ou seja, cresce e não ganha peso. Alguns estudos demonstraram que isto pode ocorrer, mas em um número muito pequeno de crianças. Em novembro foi divulgado, pelo norte-americano Boston Children's Hospital, um estudo que avaliou cerca de quatro mil crianças ao longo de cinco anos, concluindo que 83% dos pequenos que são obesos aos 11 anos continuam com sobrepeso aos 16.

O endocrinologista e responsável médico do Laboratório Alvaro, Fabiano Sandrini, explica que um dos motivos da obesidade infantil é a falta da prática de atividade física. “O videogame pode melhorar a habilidade de aprendizado, mas isso quando ele é restrito a, no máximo, duas horas por dia. A diminuição de atividade física obrigatória, que é exigida durante o período escolar, durante as férias, também pode afetar o controle de peso das crianças”, alerta.

Sandrini dá dicas aos pais sobre como estimular os filhos a terem hábitos saudáveis. Confira:

- Primeiramente, os pais devem ser exemplos. As crianças imitam o que veem. Os adultos devem escolher alimentos saudáveis e passatempos ativos;

- Envolver toda a família na construção de uma alimentação saudável e hábito de atividades físicas. Isso beneficia a todos;

- Coloque os alimentos saudáveis e nutritivos a vista e alcance de todos. A família deve manter todos os alimentos altamente calóricos fora de vista;

- Coma os famosos fast foods com menos frequência. Quando forem a uma lanchonete, o melhor é encorajar a família a escolher as opções mais saudáveis, como saladas com molho de baixo teor de gordura;

- Elaborar um plano de refeições saudáveis, fazendo com que todos se alimentem juntos, nos horários corretos e determinados;

- Incentive seu filho a participar de uma equipe ou classe de esportes, como basquete, dança, lutas, futebol ou outra atividade do gosto dos pequenos;

- Se a criança se sente desconfortável em participar de atividades competitivas em grupo, os pais devem ajudá-la a encontrar alternativas que são divertidas e não competitivas, como dança, brincadeiras, ou andar de bicicleta;

- A família pode realizar tarefas em grupo. Atribuir tarefas ativas a todos, como fazer a cama, varrer ou lavar a louça é também uma forma de movimento;

- Planejar passeios ativos, tais como uma caminhada no parque ou bosque, uma brincadeira conjunta, um jogo, dentre diversas outras atividades possíveis.