O Laboratório Alvaro está de cara nova!

Deseja tornar este perfil sua página inicial quando acessá-lo novamente?

X

Atendimento ao Cliente:

  • Cascavel: (45) 3220 - 8000
  • Foz do Iguaçu: (45) 3574 - 1010

Dicas de SaúdeColesterol

O que é Colesterol?

Colesterol é um tipo de gordura produzida (sintetizada) no fígado, é uma substância muito importante para a nossa vida. Sabe-se que 70 a 80% do colesterol circulante no sangue é produzido pelo fígado, o restante provém da alimentação.

Em pequenas quantidades existentes no sangue (menor que 200.0 mg/dL) é fundamental na fabricação de hormônios sexuais, cortisona, vitamina D, ácidos biliares e outras funções. Enfim, sem ele o ser humano não sobreviveria. O colesterol também está contido em certos alimentos, como: ovos, carnes e derivados do leite. Quando comemos estes alimentos frequentemente e em excesso, a taxa de colesterol no sangue pode aumentar.

Isso significa que o Colesterol é necessário para o nosso organismo?

Sim. O colesterol em quantidades normais (menor que 200,0 mg/dL) é indispensável. Veja o que está escrito na definição de colesterol, ele é fundamental para o ser humano.

Causas do aumento de Colesterol

Os níveis de colesterol podem se elevar por 2 fatores principais: o genético e a dieta.

O fator genético é o mais importante, porém dietas inadequadas também podem elevar o colesterol.

Pessoas que têm parentes diretos com colesterol alto e história familiar de aterosclerose devem ter seu colesterol dosado. O colesterol só existe nos alimentos de origem animal.

Mas por quê é tão importante manter o Colesterol baixo (menor que 200,0 mg/dL)?

A taxa alta de colesterol no sangue provoca o entupimento das artérias, e o excesso tende a acumular-se nas paredes, formando placas de gordura, os ateromas. Pouco a pouco eles podem “entupir” as artérias.

Este processo é chamado de ATEROSCLEROSE, grande responsável pelo infarto e derrame cerebral.

Esse risco aumenta quando a pessoa está acima de seu peso, sobrecarregando a circulação com o aumento de açúcares, gorduras e proteínas.

Quais são os sintomas da ATEROSCLEROSE*?

Usualmente, a aterosclerose não produz qualquer tipo de sintoma, até que um estreitamento acentuado ou obstrução de uma ou mais artérias ocorra. À medida que a aterosclerose estreita a artéria, o órgão afetado pode deixar de receber sangue suficiente para oxigenar os tecidos.

O que significa "Colesterol total", "Bom Colesterol" e "Mau Colesterol"?

Existem vários tipos de colesterol circulando no sangue. A soma de todos eles (HDL,LDL, VLD) chama-se "colesterol total". O "bom colesterol" ( HDL), é assim chamado porque retira o colesterol das células e facilita sua eliminação do organismo.

O "mau colesterol "(LDL), faz o inverso, ajuda o colesterol a entrar nas células, favorecendo que o excesso seja acumulado nas artérias sob forma de placas de gordura, por isso é chamado de "Mau Colesterol".

O que significa cada uma das abreviaturas que você encontra no laudo do seu exame?

LDL: Abreviatura de low-density-lipoproteins, lipoproteínas de baixa densidade, também conhecidas como "mau colesterol".

HDL: Abreviatura de high-density-lipoproteins, lipoproteínas de alta densidade, também conhecidas como "bom colesterol".

VLDL: Abreviatura de very-low-density-lipoproteins, lipoproteínas de muito baixa densidade.

Quais são os valores normais do Colesterol?

Segundo a Sociedade Brasileira de Cardiologia (1996), juntamente com outras Sociedades da área de saúde, foi elaborado um documento importante denominado Consenso Brasileiro sobre Dislipidemias, onde foram retirados os valores que são considerados como referência em nosso país.

O que fazer quando o colesterol aumenta significativamente?

Algumas doenças levam ao aumento do colesterol, como o hipotireoidismo (diminuição da produção de hormônios pela tiróide), doenças nos rins, das glândulas supra-renais e outros. Procure o seu médico com urgência.

O que fazer para reduzir o nível de colesterol?

  1. Leite pobre em gordura (desnatado) e iogurtes desnatados ou "light";
  2. Dê preferência aos queijos magros (frescal, ricota, cottage) e às margarinas cremosas ou halvarinas;
  3. Prepare os alimentos utilizando óleos vegetais, como: soja, milho, canola, girassol e azeite de oliva;
  4. Cuidado com as frituras, principalmente as feitas com banhas e manteigas;
  5. Varie as carnes, intercalando carne bovina com aves e peixes;
  6. Remova a gordura visível das carnes e a pele das aves (se possível antes do preparo);
  7. Comer alimentos ricos em fibras: aveia, pães integrais e maçãs (além de reduzir as taxas de colesterol ajudam você a sentir-se saciado);
  8. Evite preparações que contenham: creme de leite, chantilly, maionese, chocolate, gordura hidrogenada e leite condensado;
  9. Consuma ovos e preparações com gemas de forma moderada;
  10. Para o tempero de saladas utilize azeite de oliva, limão e vinagre;
  11. As massas devem ser acompanhadas por molhos vermelhos ou vegetais;
  12. Utilize o forno ou o microondas para o preparo de milanesas e empanados;
  13. Prefira salgadinhos assados aos fritos;
  14. Frios e embutidos (linguiça e salsicha) à base de aves podem ser consumidos;
  15. Frutas em calda, picolés de frutas, gelatinas, geléias, são isentos de colesterol ou gorduras, mas cuidado com as calorias, pois engordam e o açúcar pode aumentar o nível de triglicérides do sangue;
  16. Comer frutas e vegetais;
  17. Ao compor a refeição, intercale alimentos industrializados com alimentos naturais;
  18. Utilize sal com moderação. Cuidado com o uso abusivo do saleiro de mesa;
  19. Mantenha um peso saudável;
  20. Faça exercícios orientados sempre por um profissional;
  21. O que recomenda o Dr. Cooper para as pessoas com mais de 40 anos que desejam iniciar um programa de exercícios físicos? Antes de mais nada, cada pessoa deve consultar o seu médico e ter dele a aprovação para seu plano de condicionamento. Quem está fora de forma não deve querer resolver tudo nos primeiros dias. O ideal é começar devagar e aumentar gradativamente;
  22. Evite o tabagismo (NÃO FUME);
  23. Evite a ingestão de álcool ou o faça com moderação;